domingo, fevereiro 13, 2005

o dr. Lopes e a irma Lucia

Hoje à noite o dr. Santana Lopes declarou na TVI com ar compungido que não daria a entrevista prometida e que ia suspender a campanha eleitoral por dois dias. A razão era da ordem do transcendente: a morte da irmã Lúcia, uma das videntes de Fátima. É claro que o dr. Santana Lopes suspendeu a entrevista planeada concedendo uma pequena entrevista. Espremida esta, ficou daqui uma mensagem para consumo do indígena: o homem pode ser um estarola, diz que quer fazer amor com Portugal, ou sei lá o quê, mas, mas no fundo, no fundo, é muitíssimo respeitador. Enfim, um sujeito de valores consistentes. O luto nacional em plena campanha eleitoral arrisca-se a ser, afinal, o ponto dramático tão aguardado. Tudo por causa do falecimento de uma senhora de provecta idade, que faleceu na tranquilidade da sua cela de freira, que não via televisão, nem ouvia rádio, nem lia jornais e provavelmente nem sequer votaria nas próximas eleições. Parece que tinha um segredo... Mas quem não tem segredos?... Enfim - será que um segredo é suficiente para luto nacional!? De certeza, que para ganhar eleições, é curto. Espero...

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

a familia lau (mais recente) gostou especialmente deste.....
qureremos ler muitas mais e rir, rir, rir....

vamos estar sempre atentos,
muitos bjinhos e abraços
paula & Andre

10:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home