quinta-feira, março 10, 2005

o sorriso dos políticos

Ele há políticos que, num certo momento da sua carreira, afivelaram ao rosto um certo sorriso irritante. Porventura nem todos os sorrisos afivelados são iguais. Alguns esmorecem com o passar dos anos, como aquele sorriso do Tony Blair, pepsodente no início do seu mandato e amarelo nos dias que correm. Em Portugal, um dos sorrisos mais irritantes e mais constantes é, na minha perspectiva, o de Miguel Relvas. Começou por ser um sorriso laranja... e desde a noite em que ficaram conhecidos os resultados eleitorais passou a sorriso amarelo pálido. Como o detentor de tal sorriso não o larga (ou vice-versa) há que prevenir o dr. Relvas que, com um nome assim, ele que não se atreva a ficar ecologista. Caso contrário vamos ter um sorriso verde. Que é muito pior do que um sorriso amarelo.